10 de maio de 2010

O Cacaueiro

O cacaueiro, também chamado palmeira-cacau, é uma planta da família das sterculiaceas e sua árvore tem uma particularidade: dá ao mesmo tempo brotos, flores, folhas e frutos.
A altura do cacaueiro varia entre 4 e 12 m., mas na América tropical pode chegar a 15 m. Tem uma casca fina e lisa. Sua madeira é rosada, porosa e leve. Os frutos são alongados, cheios de sulco. Seus tipos, variam conforme a espécie, variedade, solo, clima e qualidade da árvore. Medem, em média, de 12 a 20 cm. de comprimento. Pesam entre 300 e 600 g. e têm no interior uma polpa branca, viscosa, contendo de 20 a 50 sementes: as favas de cacau.
Existem mais de 16 espécies de cacau, mas duas são as mais comuns: Theobroma cacao L (criollo venezuelano) e Theobroma leiocarpun Bern, o nosso cacau forasteiro ou cacau roxo, como é mundialmente conhecido. O cacau roxo se subdivide nestas quatro variedades: Comum, Pará, Maranhão e Catongo.
É do cacau que se faz o chocolate através da moagem das suas amêndoas secas e moídas em processo industrial ou caseiro. Outros subprodutos do cacau incluem sua polpa, suco, geléia, destilados finos e sorvete.
O cacau era considerado pela civilização maia uma fruta dada diretamente pelos deuses aos homens. E, de tão importante, virou até moeda de troca. Nessa época na américa latina não se fazia do cacau o que conhecemos hoje como chocolate. Era feita uma bebida de sabor amargo com as sementes torradas e moídas, misturadas com água e pimenta.
Atualmente, enquanto o chocolate movimenta globalmente uma economia de +ou- 60 bilhões de dólares/ano, os produtores de cacau ficam apenas com 3,3% da renda gerada.
No Brasil, ele foi cultivado primeiramente na Amazônia, onde já existia em estado natural. Depois passou para o Pará e chegou à Bahia. O Estado da Bahia produz cerca de 95% do cacau do Brasil (país cuja produção corresponde a mais ou menos 5% da mundial, sendo a Costa do Marfim o maior produtor do planeta, com aproximadamente 40% do total). A região cacaueira da Mata Atlântica, ambiente com recordes em biodiversidade no planeta, com 476 diferentes espécies vegetais por hectare, registrados pelo Jardim Botânico de Nova York, também pode ser chamada de Floresta de Chocolate.

Share |

Um comentário:

  1. Olá Andréa, obrigada pela visita.Vim retribuir e fiquei maravilhada com seu blog.Qto carinho,qto bom gosto, hein menina?Muito lindo mesmo, além de ser uma delícia..rsrs Parabéns! Lhe convido a voltar no meu blog e buscar um selo que vc merece, meu award!!!Parabéns!!Estou levando o selo de seguidora.Voltarei sempre, tem muita coisa boa e gostosa aqui.Bjus

    ResponderExcluir

Obrigada por registrar sua visita!