17 de agosto de 2010

Museu do Chocolate em Gramado

Museu do Chocolate em Gramado, Rio Grande do Sul, Brasil. O Museu nasceu a partir de uma fábrica, pioneira na fabricação de chocolate caseiro no Brasil.

A Prawer proporciona ao turista uma parada para compras com visita de lazer e cultura através do mundo do chocolate. Museu, exposição de equipamentos antigos e painéis sobre a história da Prawer, iniciada em 1975 pelo seu fundador Jayme Prawer. O visitante encontra ainda informações sobre a história e a origem do cacau e curiosidades sobre o chocolate. Na área de produção, o turista sente o aroma do chocolate e assiste ao trabalho dos artesões que elaboram o produto e, por fim, a esperada degustação.
Seu produto fino tem toque artesanal e ingredientes selecionados. Barras, drágeas, dietético, bombons, chocolate para fondue, chocolate em pó – mais de 150 sabores e formas. Hoje exporta para vários países, além de possuir lojas em Gramado, Porto Alegre, São Paulo, Campinas, Florianópolis e Brasília.
O segredo de qualidade está na menor quantidade de açúcar e nos altos percentuais de cacau, o que garante pureza, textura, realce do sabor e aspecto brilhante e apetitoso.


O fundador da Prawer tinha apenas 10 anos de idade quando se apaixonou por Gramado. E a cidade não saiu mais do seu imaginário, até o ponto de idealizar uma vida nesse lugar mágico que o cativou. Já adulto, em 1974, o sonho ganhou forma em uma visita a Bariloche. A similaridade com Gramado, até no clima, o despertaram para a potencialidade de criar no Brasil a primeira fábrica de chocolate caseiro nos moldes do que viu em Bariloche. Prawer já tinha sua primeira linha, com barras e ramas caseiras ao estilo de Bariloche.
Hoje a fábrica ocupa uma área de 2.500m² e produz uma diversificada linha, atendendo a todo o Brasil com lojas próprias e licenciadas, e em inúmeros outros pontos de vendas.
Para conhecer mais sobre o Museu, clique AQUI.

FÁBRICA, LOJA E MUSEU
Av. das Hortênsias, 4100 – Tel.: (0xx54) 3286.1580
Gramado – Rio Grande do Sul
CEP 95670-000
Share |

Um comentário:

  1. Eu fui no Museu há cerca de três anos, é maravilhoso! Beijos! Anik

    ResponderExcluir

Obrigada por registrar sua visita!