1 de junho de 2010

Poema: Chocolate e Amor

Começando o mês dos namorados... que será recheado de mimos, dicas, presentes, curiosidades... mas tudoooo de chocolate!
O inverno, o vento, o chocolate quente
brando de frio, agasalho grosso, neve grossa;
No peito da gente, uma afeição latente
porém poderosa! enfim saborosa!
A cor da arte gélida me faz provar uma bebida forte,
uma saudade doída;
te quero sempre, te quero sempre,
te quero sempre meu querido,
pois és o melhor elixir das vastas beldades panteistas!
Há varias formas de saborear um chocolate:
pode ser aos poucos, sentindo o malicioso gosto do cacau,
lambuzando-se todo, com lambidas tímidas;
pode ser saciando sua gula mortal
com mordidas rápidas e pervertidas!
Pode ser com cuidado para não sujar a impressão,
pode ser... para degustar... ou para enjoar...
ou para prender ou para salvar!
...há muitas formas, mas todos... gostam de chocolate!
Há varias formas de saborear um chocolate,
e somente uma de saborear o amor:
fazendo-o chocolate!
(Autor desconhecido)
Share |

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por registrar sua visita!