Feliz Páscoa!

Feliz Páscoa!

11 de julho de 2010

Lendas do Chocolate: Astecas II

Lendas Astecas, segunda parte:

Lenda do Imperador do Chocolate
Esta lenda diz que foi em Montezuma, no México, que a bebida do cacau teve o seu maior fã. O mito fala que ele possuía, diariamente, à mesa: 50 vasilhas de ouro para chocolate e ordenava colocar a disposição de seus funcionários mais de 3000 barris de cacau preparado. Este imperador, último dos astecas, quando esteve no poder, de 1502 à 1520 tornou oficial o uso do chocolate nas refeições dos nobres. Este imperador ficou conhecido pelas escrituras como o: Imperador do Chocolate .

Lenda das Vítimas de Sacrifícios Que Bebiam Chocolate
Diz a lenda que os astecas, nas festividades das colheitas, davam às vítimas de sacrifícios taças de chocolate. Segunda a historiadora Patrícia Oliveira, os astecas faziam isto para que as almas das vítimas chegassem mais rápido ao céu de uma forma que agradasse as divindades, pois o chocolate era visto como o alimento dos deuses.

Lenda das Moedas de Chocolate
Os astecas faziam suas moedas de xocolatl, ou seja, chocolate. Para a psicóloga Simone Silva isto demonstra a importância que o cacau tinha para eles, pois o seus maiores tesouros eram feitos de chocolates.

Lenda do Harém de Montezuma e o Chocolate Afrodisíaco
Há uma lenda que diz que o imperador Montezuma tinha mais de mil mulheres e sempre ingeria chocolate antes de ir para o harém.
Share |

5 comentários:

  1. muito estranho eles so vivia de chocolates !!!!!!!!!!!!
    que
    delicia !!!!!!!!
    fala
    serio!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. ANÔNIMO DISSE... MOEDAS DE CHOCOLATE? EU IA ME ESBALDAR!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  3. eu ia ficar muito pobre... comeria meu dinheiro!

    ResponderExcluir

Obrigada por registrar sua visita!